terça-feira

Fervor

A pura dor do saber do passado
Entender que o futuro já está óbvio

O frio na barriga
embalando e desmistificando
Sou nua quando vejo sentimentos
ao redor, ou aqui

E o fervor
arrepia-me a espinha

Nenhum comentário: